Rede RGB 05

Rede RGB 05
Siga a Rede RGB 05 de Blogs

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Copa São Paulo- 50 º Edição

   E a Copinha( Copa São Paulo de Juniores) chegou em sua edição de número 50, cinquenta anos de revelações, cinquenta anos de belos gols, mas também de muitos clubes que às vezes nunca ouvimos falar e provavelmente nunca mais ouviremos falar, virou um campeonato de time de empresários, mas no final é quase certo que vai vencer um clube tradicional.
   Em 2001 a equipe do Roma, de empresários, conquistou o título ao vencer o São Paulo e essa foi a única vez que uma equipe desconhecida venceu o torneio. Tivemos muitos times pequenos que venceram , mas eram clubes conhecidos como: Nacional-SP, Marília-SP, Juventus-SP, Lousano Paulista-SP, Santo André-SP e América-SP. Todos clubes paulistas do interior com exceção do Nacional que é um clube tradicional da Capital Paulista.
   Dos Campeões, o Corinthians é o maior vencedor com 10 títulos, além de oito vice campeonatos, logo à seguir vem o Fluminense com cinco títulos e em terceiro o Inter com quatro.
   Os Gaúchos tem tradição na competição devido aos quatro títulos do Inter que nesse final de semana foi derrotado pelo Guarani de Campinas com um humilhante 5 X 0 e volta para casa, o juventude também foi eliminado, mas quem acabou se destacando e fazendo sua melhor campanha na história foi o São José que foi eliminado na terceira fase, o único que permanece é o Grêmio que mesmo sendo grande jamais venceu, tendo conquistado um vice campeonato em 1991 quando perdeu para a Portuguesa de Dener.
  

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

O Maior Clássico do Mundo

   Depois de muita confusão, briga, discussão e uma grande vergonha para um país inteiro, finalmente nesse domingo aconteceu "O Maior Clássico do Mundo", River Plate e Boca Juniors entraram em campo para definir o campeão da Libertadores 2018.
   Dessa vez só festa e confraternização entre os torcedores, até ouví que na madrugada grupos das duas torcidas se encontraram e brigaram, mas nada comparado aos estragos vistos em outras oportunidades.
   O Cenário, ou o palco do espetáculo não poderia ser melhor, Estádio Santiago Bernabeu do Real Madrid, atualmente o maior clube do mundo e onde jogou um dos maiores craques formados na Argentina, Alfredo Di Stéfano. Na torcida um "grande" dos dias de hoje, Lionel Messi, além de: Griezmann, Francescoli e Simeone, tudo para ser um grande espetáculo, e foi.
   Na espera para entrar em campo o capitão do Boca Juniors, Pablo Pérez, fez questão de cumprimentar o capitão do River Plate, Leonardo Ponzio, mostrando grandeza.
   O Troféu, exposto na entrada do gramado mostrava os times campeões, principalmente os brasileiros, Santos, Internacional, Grêmio, Flamengo e São Paulo e mostrava que nesse torneio o Brasil tambèm é grande, mas os Argentinos são gigantes(ainda). No Hino nacional, talvez o momento mais emocionante do dia, o Estádio inteiro cantando e unindo dois clubes rivais.
   Bola rolando e um jogo muito brigado, tipico do futebol Portenho. Quem abriu o placar foi o Boca Juniors com Benedetto, que não deve ter dormido bem à noite, pois no momento do gol debochou do zagueiro do River mostrando a lingua, mal sabia ele que teríamos uma virada no jogo.
   Lucas Pratto empatou e o jogo foi para a prorrogação com o Boca Juniors em frangalhos, parecendo estar muito abaixo do adversário no preparo fisico e ainda com um jogador à menos porque Barrios havia levado o segundo amarelo.
   Quintero, que quase parou no Inter , fez um golaço e no final "Piti" Martinez fez o terceiro que deu o Quarto título ao River Plate que agora viaja para os Emirados Árabes onde enfrenta o vencedor de Kashima Antlers(Japão) e Chivas Guadalajara(México) pela semifinal do Mundial de Clubes da Fifa.

RIVER PLATE- Armani, Montiel(Mayada), Maidana, Pinola e Casco; Ponzio(Quintero),Fernandez(Zuculini), Pérez e Palacios; Martinez e Pratto
Técnico-Marcelo Gallardo

BOCA JUNIORS- Andrada, Buffarini(Tevez), Izquierdoz, Magallán e Olaza; Barrios, Nández, Perez(Gago) e Pavón; Villa e Benedetto(Ábila).
Técnico-Guillermo Schelotto

quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Tarciso-(1951-2018)

Hoje, um dos grandes jogadores da história do Grêmio nos deixou, José tarciso de sousa, ou simplesmente Tarciso, o "Flecha Negra".
   O jogador que era mineiro mas foi revelado pelo América do Rio chegou ao Grêmio em 1973 e entre idas e vindas se tornou o jogador que mais vestiu a camisa tricolor e o segundo que mais marcou gols no Grêmio, ficando atrás apenas de Alcindo, o Bugre.
   O jogador nasceu no mesmo dia da fundação do clube gaúcho e era querido e admirado até pelos adversários, pois nunca desrespeitou o maior rival sendo sempre um jogador leal.
   Já no final da carreira Tarciso jogou pelo São José de Porto alegre.Na seleção Brasileira jogou oito partidas marcando um gol.

domingo, 18 de novembro de 2018

O Futebol Alemão em Crise

    Um dos Países mais evoluídos do mundo, mais organizado e se falarmos de futebol então, um País com idéias a serem seguidas, mas não foi bem isso o que aconteceu nos últimos quatro anos.
   Os Alemães campeões do mundo em 1954, 1974, 1990 e 2014 enfrenta uma de suas maiores crises e nem parece aquela seleção que encantou o mundo quando venceu a Argentina de Maradona em 1990 e a mesma Argentina, só que de Messi em 2014, ano em que acabou humilhando o Brasil com o placar de 7 X 1.
   Nesse final de semana os Alemães foram rebaixados na recém criada Liga das Nações ao perder para a Holanda e parece que todos os grandes planos traçados desde 2006 foram por água abaixo, o que prova que o futebol não é tão simples assim como alguns pensam.

terça-feira, 25 de setembro de 2018

Marta e Modric são os melhores do mundo

   Mais uma vez, Marta, foi eleita a melhor jogadora do mundo pela Fifa, agora com seis prêmios é a maior vencedora entre homens e mulheres superando os maiores vencedores, Cristiano Ronaldo e Messi.
   Marta venceu o Prêmio de forma consecutiva de 2006 à 2010, portanto à oito anos não vencia. A jogadora ainda sonha com um título mundial para coroar de vez sua brilhante carreira.
   No lado masculino, Lukas Modric venceu. O Croata havia sido eleito o melhor no mundial de clubes quando defendeu o Real Madrid e na Copa do Mundo da Rússia, quando foi vice campeão, defendendo a Croácia contra a França.
   O gol mais bonito foi dado à Salah, do Liverpool que tambem foi indicado à melhor do mundo ao lado de Modric e Cristiano Ronaldo, esse último que não compareçeu à festa. E Curiosamente, Messi, que foi escolhido para a Seleção, também não compareceu, será que os dois craques só participam quando tem chances de vencer?
   Na Seleção dos melhores em cada posição, a formação premiada foi essa:

David De Gea-Goleiro(Manchester United-Inglaterra)
Dani Alves-Lateral Direito(Paris Saint Germain-França)
Sérgio Ramos-Zagueiro(Real Madrid-Espanha)
Raphael Varane-Zagueiro(Real Madrid-Espanha)
Marcelo-Lateral Esquerdo(Real Madrid-Espanha)

N'Golo Kante-Volante(Chelsea-Inglaterra)
Luka Modric-Meia(Real Madrid-Espanha)
Eden Hazard-Meia(Chelsea-Inglaterra)

Lionel Messi-Atacante-(Barcelona-Espanha)
Kylian M'bappe-Atacante(Paris Saint Germain-França)
Cristiano Ronaldo-Atacante(Juventus-Itália)

quinta-feira, 6 de setembro de 2018

Finalmente a Liderança

     Demorou, mas chegou o dia de anunciar que depois de dois anos, o Inter é o líder do Brasileiro 2018, a vitória sobre o Flamengo aliada a derrota do São Paulo contra o Atlético Mineiro deram essa colocação ao Colorado.
   William Pottker marcou o primeiro em um lance de muito oportunismo, Vitinho empatou(A lei do Ex) , mas Rodrigo dourado após cobrança de escanteio deu a vitória que fez o Beira-Rio explodir.
   A semana continua dificil, pois além de defender a liderança no domingo, o adversário é o Grêmio e Grenal é Grenal, mais um desafio para a equipe de Odair Hellmann que para quem não lembra tinha como principal objetivo não cair para a segunda divisão e fez mais do que isso, além de já ter pontuação para continuar na principal divisão nacional, conquistou praticamente uma vaga para a Libertadores de 2019.
   E como disse certa vez um "Certo Capitão Fernando", -Vamo, Vamo Inter...

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL- Marcelo Lomba, Zeca(Fabiano), Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenilson, Nico López(Leandro Damião), Patrick e William Pottker; Jonatan Alvez(D'Alessandro).
Técnico-Odair Hellmann

FLAMENGO- Diego Alves, Pará, Léo Duarte, Rhodolfo e Renê; Piris da Motta(William Arão), Rômulo, Éverton Ribeiro, Vitinho e Marlos Moreno(Matheus Sávio); Lincoln(Uribe).
Técnico-Mauricio Barbiéri

CURIOSIDADES- No Inter, Marcelo Lomba, Goleiro, Jogou no Flamengo nas categorias de Base e no time principal até 2010, Rodrigo Moledo, Zagueiro, É carioca da capital Rio de janeiro, Patrick, Volante, É Carioca da Capital, Rio de Janeiro.
Dos que Estavam no Banco de Reservas, Émerson Santos, Zagueiro, é carioca de Itaboraí, Uendel, Lateral Esquerdo, Jogou no Flamengo em 2010, Wellington Silva, Atacante, é Carioca do Rio de Janeiro, Camilo, Meia, é carioca do Rio de Janeiro, Capital, Rossi, Atacante, Jogou na Base do Flamengo em 2009 e 2010 e Leandro Damião, Atacante, Jogou no Flamengo em 2016.

No Flamengo, Pará, Lateral Esquerdo, Jogou no Grêmio entre 2012 e 2014, Rhodolfo, Zagueiro, Jogou no Grêmio entre 2013 e 2015, Vitinho, Atacante, Jogou no Inter entre 2015 e 2016.
Dos que Estavam no Banco de Reservas, Juan, Zagueiro, Jogou no Inter de 2012 à 2015.

domingo, 2 de setembro de 2018

Inter empata em Belo Horizonte e mantem Vice Liderança

   Todos sabiam que a tarefa era dificil, o Inter não vence há muito tempo em Belo Horizonte, mas a esperança era grande, afinal de contas o São Paulo, Líder do campeonato havia empatado horas antes e o Inter poderia diminuir a vantagem para os paulistas para um ponto, mas não deu, o Colorado criou chances mas não marcou e Marcelo Lomba fez grandes defesas que impediram uma derrota, no final um empate sem gols que deixa o Inter ainda na vice liderança.
   Na próxima rodada o Inter recebe o Flamengo, atualmente em terceiro lugar com dois pontos a menos que o Colorado, é uma partida que vale muito e a vitória é fundamental.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO-Fábio, Edilson, Léo, Dedé e Egidio; Lucas Silva, Bruno Silva(Rafinha), Ariel Cabral(Mancuello) e De Arrascaeta; Thiago Neves e Raniel(Barcos).
Técnico-Mano Menezes

INTERNACIONAL- Marcelo Lomba, Zeca(Fabiano), Emerson Santos, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenilson, Patrick, Nico López(D'Alessandro) e William Pottker; Jonatan Alvez(Leandro Damião).
Técnico-Odair Hellmann

Hamilton vence na Itália e amplia a vantagem

    Tudo indicava que seria uma corrida até certo ponto fácil para a Ferrari, mas não foi isso que aconteceu e agora Lewis Hamilton tem 30 pontos de vantagem sobre Sebastian Vettel.
   A Pole era de Kimi Raikkonen, que pela Décima Oitava vez largava na frente, mas na primeira volta uma reviravolta na corrida e Vettel ficou para trás, chegando a ficar em último, recuperou muito o tempo perdido e chegou em quinto lugar.
   Lewis Hamilton no final da corrida passou por Raikkonen e ficou com a vitória, a Sexagésima Oitava de sua carreira e vibrou muito.
   A Próxima corrida será o GP de Cingapura.

CLASSIFICAÇÃO DO GP DA ITÁLIA

1-Lewis Hamilton-Mercedes
2-Kimi Raikkonen-Ferrari
3-Valteri Bottas-Mercedes
4-Max Verstappen-Red Bull
5-Sebastian Vettel-Ferrari
6-Romain Grosejan-Haas
7-Esteban Ocon-Force India
8-Sergio Perez-Force India
9-Carlos Sainz-Renault
10-Lance Stroll-Williams

CLASSIFICAÇÃO DE PILOTOS

1-Lewis Hamilton-Inglaterra-Mercedes-256
2-Sebastian Vettel-Alemanha-Ferrari-226
3-Kimi Raikonnen-Finlândia-Ferrari-164
4-Valteri Bottas-Finlândia-Mercedes-159
5-Max Verstappen-Holanda-Red Bull-130
6-Daniel Ricciardo-Austrália-Red Bull-118
7-Nico Hulkenberg-Alemanha-Renault-52
8-Kevin Magnussen-Dinamarca-Haas-49
9-Sergio Perez-México-Force India-44
10-Fernando Alonso-Espanha-Mclaren-44

CLASSIFICAÇÃO DE CONSTRUTORES

1-Mercedes-415
2-Ferrari-390
3-Red Bull-248
4-Haas Ferrari-84
5-Renault-84
6-Mclaren-52
7-Toro Rosso-30
8-Force India-28
9-Sauber-19
10-Williams-5